segunda-feira, 30 de setembro de 2019

"Caminhada aos Carris" a 12 de Outubro


O Parque de Campismo de Cerdeira está a organizar uma actividade na qual será possível visitar as antigas ruínas das Minas dos Carris e o Vale do Alto Homem.

Designada por "Caminhada aos Carris", esta actividade tem como objectivo realizar uma visita guiada às minas com explicação dos aspectos mais importantes da actividade mineira na altura da II Guerra Mundial. A caminhada é feita ao longo do Vale do Homem e será acompanhada pelo autor do livro "Minas dos Carris - Histórias Mineiras na Serra do Gerês".

A actividade terá lugar a 12 de Outubro.

Inscrições limitadas!!!

Fotografia © Rui C. Barbosa (Todos os direitos reservados)

Paisagens da Peneda-Gerês (CDXXXII) - O magnífico Vale do Rio Peneda


O magnífico Vale do Rio Peneda, Serra da Peneda, com os seus bosques encantados e recantos de sonho.

Fotografia © Rui C. Barbosa (Todos os direitos reservados)

VI Magusto Celta de Pitões das Júnias


O VI Magusto Celta, acontece no dia 9 de Novembro de 2019.

Das mais variadas actividades, destacam-se o famoso Baptismo Celta, a Despedida do Verão, e prova das Castanhas.

O programa será apresentado brevemente.

domingo, 29 de setembro de 2019

Postais do PNPG (CCXXIII) - Ruínas de Vilarinho da Furna (II)


As ruínas de Vilarinho da Furna na encosta da Serra Amarela afogada pelas águas da barragem que lhe quis roubar o nome.

Outros postais podem ser encontrados nesta tag.

Fotografia © Manuel Martins (Todos os direitos reservados)

Paisagens da Peneda-Gerês (CDXXXI) - Central Hidroeléctrica de Lindoso (II)


As paisagens do Parque Nacional da Peneda-Gerês não se limitam aos seus quadros de uma Natureza viva que lhe confere o valor que todos conhecemos, mas também aos aspectos da sua história humana.

Dentro desta história que não pode ser apagada, estão todos os aspectos que marcaram a vida das aldeias e lugares da Peneda-Gerês na sua dimensão humana e industrial, tais como a carvoaria, a mineração, as serrações no aproveitamento das madeiras e os aproveitamentos hidroeléctricos.

Um belo exemplo destes aproveitamentos é a Central Hidroeléctrica de Lindoso. A história desta central pode ser lida no blogue EcoTretas aqui.

Fotografia © Rui C. Barbosa (Todos os direitos reservados)

sexta-feira, 27 de setembro de 2019

Livros sobre a temática Geresiana ou sobre o PNPG


Nos últimos tempos não tem surgido qualquer obra que se debruce sobre a Serra do Gerês ou sobre o Parque Nacional da Peneda-Gerês.

Assim, deixo aqui estas tags (leituras e Livros) a partir das quais podem encontrar vários livros com edições recentes ou mais antigas e que abordam a Serra do Gerês ou o nosso único Parque Nacional.

Paisagens da Peneda-Gerês (CDXXIX) - Eira do Tapado


A Eira do Tapado em Parada de Lindoso, Serra Amarela.

Fotografia © Rui C. Barbosa (Todos os direitos reservados)

Meadinha Fest 2019


A ter lugar no dia 12 de Outubro de 2019 na Sra. da Peneda, Serra da Peneda.

quinta-feira, 26 de setembro de 2019

Na Grande Rota da Peneda-Gerês (Entre Soajo e o Lindoso)


Em pouco mais de 17 km faz-se a ligação entre a vila de Soajo, Serra de Soajo, e o Lindoso, Serra Amarela, seguindo a GR 50 Grande Rota da Peneda-Gerês.

A Grande Rota da Peneda-Gerês 'GR 50' (1) em breve irá se transformar no "percurso principal para a visita" ao nosso único Parque Nacional. O percurso liga a fronteira da Ameijoeira, em Castro Laboreiro, a Tourém, nas terras transmontanas, transpondo as quatro serranias que constituem o Parque Nacional da Peneda-Gerês (PNPG).


Aqui o percurso entre Ameijoeira e a Sr.a da Peneda.

Aqui o percurso entre Mezio e Soajo.

Aqui o percurso entre Germil e Campo do Gerês.

Aqui o percurso entre Campo do Gerês e Caldas do Gerês.

Aqui o percurso entre as Caldas do Gerês e Fafião.

Aqui o percurso entre Fafião e Xertelo.

Aqui o percurso entre Xertelo e Paradela do Rio.

Aqui o percurso entre Paradela do Rio e Pitões das Júnias.

O percurso vai-nos levar pela paisagem rural do Vale do Rio Lima sempre acompanhados pela paisagem da Serra do Soajo. A parte mais interessante do percurso concentra-se nos seus dois quilómetros finais quando passamos o Poço da Gola e nos vamos aproximando de Parada de Lindoso e posteriormente de Lindoso, onde se recomenda uma passagem pausada pela Eira do Tapado e pela Eira da Portela da Leija (Parada de Lindoso) e ruelas da aldeia, e pelos espigueiros e castelo de Lindoso.

O resto é uma paisagem de linhas de alta tensão e pouco mais...

Ficam algumas fotografias do dia...


























































Fotografias © Rui C. Barbosa (Todos os direitos reservados)