sexta-feira, 3 de fevereiro de 2023

Município de Terras de Bouro assinala o Dia das Espécies

 


O Município de Terras de Bouro vai assinalar no dia 12 de Fevereiro de 2023, o Dia das Espécies com uma caminhada pelo Trilho da Calcedónia.

A participação neste evento tem um custo de €10,00 e as vagas são limitadas. No valor está incluído guia, seguro e almoço volante.

As inscrições podem ser efectuadas pelo endereço de correio electrónico eventos@cm-terrasdebouro.pt ou pelo número de telefone 253 350 010.

Fotografia © Rui C. Barbosa (Todos os direitos reservados)

Grande Rota da Peneda-Gerês - Onde dormir, onde comer e táxis

 


Informações muito úteis para aqueles que aceitarem o desafio de percorrer a GR50 Grande Rota da Peneda-Gerês.

As informações disponibilizadas nas ligações estão relacionadas com locais de dormida / pernoita, locais de alimentação / abastecimento, e serviços de táxis para transfer (se necessário).

A informação institucional sobre a GR50 pode ser encontrada aqui.

Os locais que eu recomendo para dormida / pernoita podem ser encontrados em "Onde dormir".

Os locais que eu recomendo para alimentação / abastecimento podem ser encontrados em "Onde comer".

Os serviços de táxi / transfer podem ser encontrados em "Serviços de táxi/«transfer»".

Estas listas irão sendo actualizadas consoante a informação se torne disponível.

Fotografia © Rui C. Barbosa (Todos os direitos reservados)

Vamos rir um pouco?

 


Se tiverem um dia triste e desejarem ter um momento alegre, aconselho a leitura deste artigo.

Vamos rir, para não chorar... ou saltar.

Paisagens da Peneda-Gerês (MDVII) - Penameda

 


No alto dos seus 1.268 metros de altitude, o alto de Penameda é um dos pontos mais elevados da Serra da Peneda.

Fotografia © Rui C. Barbosa (Todos os direitos reservados)

Previsão meteorológica para Nevosa/Carris (3 a 10 de Fevereiro)

 


O regresso da neve?

Os próximos dias continuarão com a influência do bloqueio anticiclónico, trazendo manhãs frias e dias de Sol. Mas o padrão poderá alterar-se no final da próxima semana, podendo surgir novos episódios de neve. A chuva voltará com certeza. 

quinta-feira, 2 de fevereiro de 2023

Paisagens da Peneda-Gerês (MDVI) - Serra do Soajo

 


A enigmática paisagem da Serra do Soajo.

Fotografia © Rui C. Barbosa (Todos os direitos reservados)

Entrudo de Pitões das Júnias 2023

 


O Entrudo de Pitões das Júnias comemora-se a 12 e de 18 a 20 de Fevereiro.

Postais do PNPG (CCXXVIII) - Miradouro da Junceda

 


Este postal não datado, mas talvez da primeira metade do século XX, mostra uma rara paisagem do Miradouro da Junceda criado pelos Serviços Florestais na Serra do Gerês, sem a estrutura posteriormente lá colocada.

Fotografia © Rui C. Barbosa (Todos os direitos reservados)

quarta-feira, 1 de fevereiro de 2023

Entrudo Folhateiro Outeiro 2023

 


Os Folhateiros de Outeiro, com o apoio do Município de Montalegre, promovem o "Entrudo Folhateiro" na aldeia de Outeiro, no dia 19 de Fevereiro de 2023.

Uma jornada de folia que promete juntar dezenas de pessoas no centro desta localidade do concelho de Montalegre. Pelo meio está prevista, a queima do entrudo, merenda comunitária e uma feira de produtos tradicionais.

Previsão meteorológica para Nevosa/Carris (1 a 8 de Fevereiro)

 


Com o bloqueio anticiclónico a fazer das suas, não se prevê qualquer precipitação para a nova semana, mas as temperaturas irão permanecer baixas.

terça-feira, 31 de janeiro de 2023

Outros trilhos - Rota dos Barrocais

 


A interessantíssima Rota dos Barrocais (PR5 IDN) percorre os caminhos, ruas e trilhos da aldeia histórica de Monsanto.

Mais informações sobre este percurso, aqui.



Iniciando o percurso na direcção dos Penedos Juntos, a sua parte final (na descida e regresso da Capela de S. Pedro de Vir-a-Corça) pode-se tornar um pouco complicada devido a problemas de sinalização.

Monsanto é uma localidade inserida na rede das Aldeias Históricas de Portugal, mas que parece não gostar do turismo nacional. Esta foi a terceira vez que visitei a aldeia de Monsanto e pela terceira vez notei a mesma recepção. Desde a indiferença nas informações sobre a disponibilidade de refeições nos estabelecimentos de restauração abertos na altura (com uma horrível relação 'quantidade / preço'), até à falsa informação nos alojamentos e à inexistência de um local onde se possa tomar um pequeno-almoço pela manhã. Tivemos de tudo o que de mau se pode oferecer, restaram as paisagens. Talvez seja o resultado de viver na ilusão de um título atribuído pelo Estado Novo que de nada vale nos nossos dias.
































Fotografia © Rui C. Barbosa (Todos os direitos reservados)