segunda-feira, 29 de outubro de 2012

O Pé de Salgueiro, o Junco e o Varejeiro

Curiosamente, tenho escutado ultimamente várias conversas sobre as designações de 'Pé de Salgueiro', 'Junco' e 'Varejeiro', e a sua relação com alguns dos píncaros serranos que podemos observar na Serra do Gerês.

Esta é a minha análise e ela vale o que vale, não sendo nada definitiva. Apesar de conhecer várias zonas da Serra do Gerês, sempre me irei considerar um ignorante neste tema e acima de tudo sempre disponível para aprender (em especial com as pessoas que lá vivem!)

Primeiro há que referir que os nomes (os orónimos) correspondem de facto a características geográficas distintas, porém situadas numa zona bem definida ao longo do Vale de Teixeira e de Camalhão. Em termos de localização respectiva (e indo de Norte para Sul), primeiro surge o Pé de Salgueiro (fotografia em cima), depois o Junco (localizado acima da Quelha Verde e da Corga da Figueira), e depois o Varejeiro^- muito mais para Sul - (passando-se próximo dele quando se percorre parte do Trilho dos Currais).

Penso que é esta a localização destes três píncaros serranos... de qualquer das formas, agradeço qualquer correcção.
Parte da encosta da Figueira é vista nesta fotografia.
Um amontoado granítico é uma característica do alto do Junco.

Fotografias: © Rui C. Barbosa

5 comentários:

Lírio disse...

Olá Rui!

Por coincidência, por lá passámos recentemente, e onde pensávamos nós que era o Junco, mesmo porque nos mapas assim está indicado, um pastor da vezeira das cabras que estava lá nesse mesmo dia, esclareceu-nos que se chamava Laspedo e não Junco!!
Pessoalmente acho que aprendemos mais com a população local, mas, nunca será demais ouvirmos mais opiniões e juntarmos as peças dos puzzles.
Continuação de boas pesquisas, e boas caminhadas!

Um abraço!

Rui C. Barbosa disse...

Interessante. O Laspedo tem-me escapado, mas a ideia que tenho é que se encontra mais a Norte.

Hoje no Gerês confirmaram-me a localização do Junco e sem dúvida corresponde ao que está na carta topográfica.

Rui C. Barbosa disse...

Aqui http://carris-geres.blogspot.pt/2010/01/serra-v.html e aqui http://carris-geres.blogspot.pt/2010/01/serra-vi.html fala-se do Laspedo e parece localizar-se mais a Norte.

Orion disse...

Olá Rui

Conhecemos esse trecho desse "passeio" pelo Gerês, aparentemente Laspedo ficaria perto da Varziela. Já Tude coloca o Junco onde aparece nas antigas cartas militares. O pastor com quem falamos é natural da Ermida e é bom conhecedor da zona, denominou muitos lugares com termos que nunca tinha ouvido. A confirmar o que tinha dito existe um curral abandonado entre o camalhão e a freza, que os pastores de rio caldo e da ermida chamam de curral do junco, pelos vistos os pastores chamam junco a uma elevação perto desse curral.

Abraços

Rui C. Barbosa disse...

Sim, no Curral do Junco tem lá uma chapa que ficou de um abrigo que, penso que, tentaram fazer as pessoas de Vilar da Veiga mas que o pessoal de Rio Caldo (ou será da Ermida?) não deixou.