segunda-feira, 21 de Abril de 2014

III Jornadas das Letras Galego-Portuguesas em Pitões (Programa)


Como o blogue Carris já referiu, terão lugar entre 30 de Maio e 1 de Junho, as III Jornadas das Letras Galego-Portuguesas em Pitões das Júnias.

O blogue Desperta do Teu Sono, divulgou agora o programa deste evento.

Imagem: Desperta do Teu Sono





"Minas dos Carris - Histórias Mineiras na Serra do Gerês" na recta final


O livro "Minas dos Carris - Histórias Mineiras na Serra do Gerês" entra na sua recta final em termos de disponibilidade de edição com os últimos 100 exemplares disponíveis.

Este livro foi o primeiro a levantar o véu sobre a fantástica história do complexo mineiro dos Carris existente na Serra do Gerês e é fruto de um longo trabalho de sete anos de investigação e foi financiado através de uma campanha de crowdfunding sem a qual seria impossível ter visto a luz do dia.

O livro "Minas dos Carris - Histórias Mineiras na Serra do Gerês" terá uma nova apresentação no próximo dia 24 de Abril pelas 21:30 no Auditório das Caldas do Gerês, seguindo-se uma conferência de Carlos Sá (tudo isto inserido no programa do Gerês Trail Adventure

O livro "Minas dos Carris - Histórias Mineiras na Serra do Gerês"

Perdidas na imensidão granítica da Serra do Gerês, as Minas dos Carris representam um património de memórias esquecidas pelo Homem.

Reduzido a um belo conjunto de ruínas que têm como companhia a solidão da montanha e os gelos do Inverno, este já foi um lugar de vida de onde se tirava o volfrâmio das entranhas da Terra.
Para lá destas ruínas jazem lutas pela posse da terra, histórias de mineiros, vivências de um dia a dia de sacrifício e imposições que levaram a uma singularidade deste lugar em todo o Portugal.
Infelizmente esta era uma história por escrever e foi esse o desafio que há já vários anos lancei a mim próprio. Aos poucos fui conseguindo juntar as peças de um puzzle e limpando a poeira de um quadro que cada vez se tornava mais fascinante.

A região é áspera e dura, assim como era a vida daqueles que durante muitos anos lutaram por tirar da terra o parco sustento ou a fugaz fortuna para quem nada tinha e que do dia para a noite conheceu a riqueza no alto de um apogeu endinheirado, mas pronto para o mergulho de volta na mais vil miséria.

Nos nossos dias, as Minas dos Carris encontram-se em pleno Parque Nacional da Peneda-Gerês, uma área protegida que para além de salvaguardar as riquezas naturais de uma região poderia ter feito mais pela riqueza de um património que se perde a cada dia que passa.

Desde a sua criação em meados dos anos 40 com a presença da Alemanha Nazi, passando pelo seu ponto alto nos 50 com a formação de um complexo mineiro socialmente avançado, passando pelo seu declínio e ressurgimento nos anos 70, até ao seu fecho irrevogável em finais dessa década, o livro ‘Minas dos Carris – Histórias Mineiras na Serra do Gerês’ constituí um esforço individual de investigação de mais de sete anos por entre arquivos, milhares de quilómetros percorridos a pé, contactos pessoais e ligações além mar que me permitiram reunir um vasto espólio de memórias escritas e milhares de fotografias que retratam todas as épocas das Minas dos Carris. Todas elas encontram-se agora neste livro.

Este emocionante trabalho individual pretendeu acima de tudo ir explorando a cada nova descoberta a história daqueles que do nada transformaram a desolação granítica da Serra do Gerês num local de vida, mas também fazer ver com essa história o quanto temos de preservar na nossa memória colectiva.

sexta-feira, 18 de Abril de 2014

III Jornadas das Letras Galego-Portuguesas em Pitões


Entre 30 de Maio e 1 de Junho terão lugar as III Jornadas das Letras Galego-Portuguesas em Pitões das Júnias.

Para mais informações aqui.

Fotografia © http://despertadoteusono.blogspot.com.es

quinta-feira, 17 de Abril de 2014

"Não perturbes as águas"


"Não perturbes as águas", disse Aragorn ao pequeno hobbit...

(Na fotografia, o vale do Rio Parrade na Serra Amarela)

Fotografia © Rui C. Barbosa

Programa comemorativo do Dia Internacional dos Monumentos e Sítios - Portas do Parque Nacional da Peneda-Gerês


Porque nunca é tarde...

Entre os dias 12 e 19 de Abril (em datas específicas), as Portas do Parque Nacional da Peneda-Gerês (PNPG) vão promover visitas acompanhadas para o público em geral, no âmbito do programa comemorativo do Dia Internacional dos Monumentos e Sítios.

Mais informações aqui.


terça-feira, 15 de Abril de 2014

domingo, 13 de Abril de 2014

209... Expedição aos Carris


Carris, 12 de Abril de 2014

Existiria forma melhor de comemorar o Dia da Cosmonáutica sem ser com uma caminhada até às Minas dos Carris? Provavelmente até haveria, mas certamente que não seria a mesma coisa...

Eram 8h00 quando o «Emssemblent» teve lugar no Parque de Campismo da Cerdeira, Campo do Gerês. Noite calma, tranquila e sossegada, retemperadora para uma jornada que seria igual a tantas outras até aos píncaros serranos do Gerês. O trajecto não traria, à partida nada de novo, porém nestas caminhadas nunca se sabe... isto é, de facto a primeira novidade seria o grupo que acompanharia ao longo do dia. O objectivo era conhecer aquela parte do Parque Nacional e a história do complexo mineiro. Em tudo isto, é sempre gratificante ver a forma como as pessoas reagem à paisagem e aos retalhos históricos que se vão recordando ao longo do caminho. Estes foram muitos, desde a abertura daquele caminho pelas encostas do Vale do Homem, passando pelas histórias dos nevões e das vidas das pessoas, sem esquecer os detalhes mais gerais sobre o complexo mineiro. Foram estes pequenos episódios que foram preenchendo os minutos ao dia que nos levou às Minas dos Carris e à Mina das Sombras.

Curiosamente, desde o princípio surgiu o desejo de se avistar as cabras selvagens e este desejo parece ter ecoado ao longo do vale porque mais tarde lá estariam elas, como que sentinelas das paragens mais altas ou como guardiãs daquelas paragens.

As Minas dos Carris e as velhas ruínas lá estavam, silenciosas... ou quase não fosse a música de fundo de um irritante rádio que estrepitosamente debitava aqueles sons que em nada se adequava ao entorno onde nos encontrávamos... quase uma heresia dentro de um templo, mas cada um tem a sua maneira de estar na montanha.

O dia terminou com uma passagem pela piscina de água termal da Calderia de Lobios, um momento relaxante para o corpo e para a alma antes do jantar no restaurante do Parque de Campismo da Cerdeira.

A próxima expedição é a 10 de Maio e os lugares são limitados!!!

Algumas imagens do dia...









































































Fotografias © Rui C. Barbosa