terça-feira, 19 de junho de 2012

Trilhos seculares - O Junco

Uma curta passeata pela Serra do Gerês começando na Pedra Bela e seguindo pelo Curral da Carvalha das Éguas e Curral da Lomba do Vidoeiro com o seu séquito de mariolas gigantes. O objectivo era fazer a passagem do Junco e depois chegar ao Prado de Teixeira utilizando parte do Trilho dos Currais e trilhos seculares.

O dia esteve de feição para caminhar. Não muito quente, uma ligeira brisa, e nuvens e nevoeiro que faziam a mutação da paisagem a cada olhar. Num pestanejar, os horizontes tornavam-se curtos para logo nos segundos seguintes a imensidão se abrir, como que uma cortina se abre diante de um palco onde uma peça teatral se vai desenrolando a cada passo dado.

A passagem do Junco é interessante e pouco aconselhável a vertigens, em especial se o cenário diante de nós se abre de repente e nos faz ter a noção que o fundo do vale não é já ali... A visão permite-nos abranger desde o Pé de Cabril até ao topo do Camalhão já nos limites da Preza (Freza). O caminho leva-nos depois ao Camalhão e de seguida a Teixeira. Porém, há já muito tempo que queria tentar subir aquela misteriosa corga ao lado da Cova do Azevinheiro. Foi hoje o dia, se bem que o resultado final não foi o esperado.

Quando estamos no Borrageiro voltados para Oeste observamos várias mariolas que se embrenham naquele vale fechado. O mesmo acontece quando passamos o Camalhão a caminho de Teixeira... um ou outra mariola marcam o fim (ou princípio) de um velho trilho. Deste já pouco resta, esquecido com o passar dos anos e abandonado certamente devido a melhor alternativa (Corga do Areeiro?). Ao se avançar no vale vêem-se aqui e ali outras velhas mariolas escondidas pela vegetação e o que nos parece ser parte de um caminho. Fui avançando, mas só consegui chegar a meio do vale e a prudência mandou voltar para trás ao não se vislumbrar passagem ou outra indicação. Talvez se começando do topo da corga haja mais sorte.

Estava então na hora do regresso que foi feito passando ao lado do Prado de Teixeira e seguindo em direcção ao Curral da Lomba do Vidoeiro. Daqui, seguindo pelo estradão, e embrenhando-me aqui e ali no meio do mato por trilhos malandros, acabei por passar pelo Curral da Espinheira e finalmente Pedra Bela.

Algumas fotografias do dia...


































Fotografias: © Rui C. Barbosa

1 comentário:

Viagens pelo Brasil - Conheço essa cidade disse...

Olá, gostariamos de dizer que gostamos muito do seu blog, em especial das fotografias, são espetaculares. Parabén.
Somos do http://nossasviagenspelobrasil.blogspot.com.br/
se desejar nos visitar, seja bem vindo.