segunda-feira, 11 de abril de 2011

Montanhistas unem-se pela segurança no Gerês

Vários montanhistas tomaram a decisão de criar brigadas de vigilância para tentar impedir a escalada de assaltos que têm assolado algumas zonas do Parque Nacional da Peneda-Gerês.

Esta série de actos violentos têm surgido nas últimas semanas e reflecte o estado em que a segurança e precariedade atingiram devido à crise que afecta o país.

Sabendo que as forças da autoridade não podem estar presentes em todos os lugares ao mesmo tempo, grupos de montanhistas irão vigiar as viaturas enquanto que os seus colegas e amigos disfrutam em segurança o prazer da caminhada em montanha.

Assim, serão criadas brigadas para a vigilância de zonas como a Portela do Homem, Leonte e Cascata do Arado.

Fotografia © Rui C. Barbosa

8 comentários:

DuK disse...

No que me diz respeiro vou começar a andar armado! Sempre com a arma que permite aplicar o famoso "pontapé nos tomates"!!

João Grilo disse...

Bom dia,

Antes de mais parabens pelo excelente trabalho desenvolvido neste blog.

Ao ler este texto fiquei preocupado, estou a planear, a minha primeira visita ao Gerês, durante o período de 24 a 29 de Abril incluindo fazer alguns percursos, que obrigaria a deixar o carro estacionado, agora estou um pouco apreensivo. Tem algum concelho como locais a evitar etc?

Obrigado,

João Grilo

Rui C. Barbosa disse...

Olá João,

Não lhe posso indicar zonas a evitar pois estas situações já aconteceram em várias zonas.

Esta situação torna-se agora muito mais visível porque, apesar de os assaltos terem ocorrido no Gerês mais principalmente na altura do Verão, começamos a «ver» esta vaga muito «fora de época».

Ao chegar ao Gerês seria pertinente um aconselhamento com a GNR local antes de se deslocar para a serra.

JM disse...

Como vítima da broca do alheio, no Sábado passado em Leonte, sinceramente não existem lugares seguros onde possamos deixar o carro descansados!!!

E digo mais, embora tenha deixado o porta-luvas aberto e vazio, esburacaram-me a porta na mesma.
Era preferível partirem-me o vidro, sempre tinha seguro, agora com um buraco na porta já vai sair cara :(

Realmente isto das brigadas é uma excelente ideia, mas melhor ainda, seria disponibilizarem um transporte, obviamente com um pagamento associado, tipo "shuttle".

Cumprs

Ass: João

David Gonçalves disse...

Boas!
Conta comigo para patrulhas...
O Joelho ta novo e ansioso por alguma actividade.
Abraço

MEDRONHO disse...

a ideia das webcams quiça funciona-se. como as que estão nas auto-estradas.
(para identificar matriculas, caras...)

dobocage disse...

ora vivam!

eu tambem fui assaltado em Leonte no ano passado(Março)!!!
o metodo pelos vistos e o mesmo:fazerem um furo no fecho da porta.o que me leva a concluir que sao os mesmos

eu ainda os vi ( 2 formas humanas em cima de uma motorizada,yamaha),azul sem matricula,com capacetes enfiados numa das extremidades que nao foipossivel distinguir se era cabeça ou pes!!

ainda os persegui mas foi impossivel apanha-los.

quando na vila participei o assalto,estavam 4 pessoas que tambem tinham sido assaltadas,na Portela do Homem/Vilarinho das Furnas.

agora sempre que vou ao Geres,tenho uma camera no interior do carro a filmar para depois enviar-lhes beijinhos!!!

na parte qe me toca,se os apanhar,mostro-lhes o meu bastao de eucalipto!!!!!!

cumprimentos
dobocage

Telmo Teixeira disse...

Boas,

No passado sábado, 10 de Maio de 2014, fomos assaltados pelo método descrito neste Blog (furo na parta do carro). Infelizmente não tinha lido o blog antes e como tal não estava informado.
Penso que a GNR poderia fazer mais, e no mínimo poderia colocar um placard informativo nestes locais a informar para este tipo de assaltos.

Fica aqui o aviso que em 2014 já abriu a época dos assaltos.... estejam atentos.