sexta-feira, 2 de janeiro de 2015

Trilhos seculares - Fechar o ano pelo Peito de Escada até à Portela de Leonte


E assim se fechou um ano de caminhadas no Parque Nacional da Peneda-Gerês. O último dia de 2014 brindou-nos com paisagens frias de Inverno numa serra adormecida à espera da neve que eventualmente deverá chegar.

Por entre as velhas paisagens assistiu-se à vida e aos restos da morte que como que uma metáfora simboliza os dias que por ali passam em silêncio quase numa hibernação de longas semanas.

A vida vai voltar a florir nos prados e serranias do Parque Nacional, mas por agora o tempo está como que parado, em suspenso.

A caminhada iniciou-se na Mata de Albergaria e depois subimos o Peito de Escada até aos Prados Coveiros. Daqui, trepamos até à Lomba de Burro, descendo para um curto descanso nos Prados da Messe. Subindo a encosta das Albas, passamos ao largo de Carris de Maceira em direcção ao Curral da Lomba de Pau para uma nova paragem. O final do percurso levou-nos para a Chã da Gralheira, vislumbrando ao longe o Fojo de Vilarinho da Furna, e fez-nos descer para a Preza passando ao lado do Alto das Ruivas em direcção ao Vidoal. O pano caiu com a descida para a Portela de Leonte.
































































Fotografia © Rui C. Barbosa (Todos os direitos reservados)

Sem comentários: