terça-feira, 1 de setembro de 2015

Sobre a "Crónica: 5 coisas más que eu aprendi sobre o Gerês"



Antes que venham já por aí os arautos do costume, os ignorantes de serviço e os Saul Serafins lá do bairro, este artigo não foi escrito por mim. Por isso, leiam e façam o vosso juízo.


Já leram? Muito bem...

Este é um artigo muito fraquinho escrito por alguém que não caminhou num trilho de montanha e que acha que as coisas que naturais deveriam estar ali só para seu belo prazer. Aliás, duvido mesmo que tenha ido ao Gerês e penso que é um artiguito baseado em opiniões feitas por aqueles turistas que gostam de ir à Cascata do Tahiti mas que não sabem onde é a Fecha de Barjas, ou que gostam de ir tomar banho na Cascata Dulce Pontes em vez da Cascata de Cela Cavalos.

Gosto desta frase que demonstra a tua supina ignorância "O regresso de várias gerações de emigrantes apertados em Mercedes e BMW com a matrícula francesa e o escudo de Portugal desenhado no vidro de trás." Dhu! Aquilo não é o escudo de Portugal, é o símbolo da Federação Portuguesa de Futebol. É pena que nem tu, nem os emigrantes que tanto críticas, o saibam!

Aqui és duplamente ignirante e demonstras que nem o dedo mindinho do pé puseste no Gerês ou então és um preguiçoso "E esqueça aquela ideia peregrina de andar uns metros porque “está tudo vazio mais lá para a frente”. Meus caros, isso não é verdade, pura e simplesmente." Ah, ou então não passas de um mentiroso...


Um artigo muito, mas mesmo muito mau, mas que não deixa de tocar em pontos sensíveis: o «excesso» de gente, o lixo no chão, o mau comportamento das pessoas. Quanto ao Gerês em si, não passa de uma opinião de um ignorante sobre... o Gerês. Ah! E não é Vilarinho das Furnas, é Vilarinho da Furna e aquilo é uma barragem cujo propósito é estar cheia de água e não ser um postal ilustrado para tu e os teus amigos que te contaram tudo, verem.

Caro Jaime Martins Alberto, por favor, não voltes ao Gerês! Mas espera, se calhar nem lá foste... mas o Gerês também não precisa de ti. Estás bem onde estás... ou então vai-te enterrar no Algarve!

Fotografia © Rui C. Barbosa (Todos os direitos reservados)

2 comentários:

Unknown disse...

Realmente é um texto muito fraquinho de alguém que não conhece de todo o Geres!!!Fui lá várias vezes em Agosto e continuava a ir se pudesse(não fosse o trabalho)
O Geres não é para "florzinhas". É para amantes da natureza, sim e para pessoas que tirem os sapatinhos e calcem ténis. É para quem goste de descobrir coisas novas de cada vez que vá lá. Já fui muitas dezenas de vezes ao Geres e ainda na semana passada descobri uma cascata linda e da qual quase nao se ouve falar (pelo menos eu) Cascata da Rajada. Lindíssima. Mas tem que se tirar os pezinhos do carro. Esse jornalista de meia tigela realmente deve escolher outras paisagens!!!

Jota disse...

É impressão minha ou é a segunda figurinha que fala dos emigrantes vindos de França, como se não houvesse imigrantes noutros países?
Sim, devem ter algo contra os emigrantes em França pois já a outra fulana, com nome esquizitoide, que falava das pedras no meio das estradas, da falta de rede de telemóvel e das unhas partidas a atravessar o mato (entre outras peripécias como a falta de sinais e de semáforos) se referia apenas aos emigrantes vindos do Hexágono.
Parece que há algum problema com quem emigra para França...
E já agora, ao triste autor deste texto sobre as 5 coisas más, ele não sabe que o que está nos vidros de trás dos carros não é o escudo de Portugal?!?!?!
Antes é, isso sim, o símbolo da Federação Portuguesa de Futebol?!?!
O gajo quer armar-se em sabichão e nem sabe que se trata de um símbolo ligado ao futebol?!?!
O gajo deve é querer um Mercedes ou um BMW mas como não os tem, crítica quem os tem!!
Não há calhaus para todos?! Porra, mais calhau do que ele é impossível!!
Que vá para os calhaus do Algarve que lá, pelos vistos, não está saturado de turistas, é só praias desertas!!!
Já agora, liguem umas mangueiras para abastecer as cascatas com água!! Pois o anormal não percebeu que no Verão a água é escassa, sobretudo quando o Inverno que antecedeu foi pouco chuvoso!!!!!
Ele há cada um!!!